Ressaca poética.



De dia,
a queimação do sol.
De noite,
a azia da lua vazia.
De repente,
o céu vomita estrelas...

Comentários