Enterrado vivo


“Á parede
me entrego”,
diz ao martelo
o prego.