O Diário de Larissa

Criança inventa cada coisa...
A Larissa agora disse que quer voar bem alto pra poder pegar uma estrela pra mamãe.
- Mas as estrelas só aparecem à noite menina. E a noite você está dormindo...
Ela concordou e "encasquetou" que eu teria que ficar a noite toda acordado pra pegar uma estrela pra ela...
Que sono!

***
A mamãe me fez colocar um abajur novo no quarto da Larissa. Estava com medo do escuro e não queria que mamãe me contasse:
É verdade Larissa, que você tem medo de dormir sozinha?
Eu não papai.
 
Quem tem medo é você que dorme toda noite junto com a mamãe...
Essa menina... vou te contar...

***
- Papai, fiz um desenho tão bonito. Eu desenhei você e a mamãe...
- É mesmo Larissa. Corre lá. Busque seu desenho que eu quero ver...
- Eu não consigo trazer a parede até aqui papai...

***
A Larissa chegou triste da escolinha. Fui ver o que tinha acontecido:
- Ela está assim porque não foi escolhida a noiva da quadrilha da festa junina, disse mamãe...
Mas logo ela já estava refeita daquilo e fui lhe perguntar:
- Ué Larissa, não está mais triste por não ser a noiva?
Não estou não papai. Eu sou muito nova mesmo pra casar...

***
Larissa, onde foi parar o meu picolé que estava aqui hein???
Humm, não sei. Acho que derreteu mamãe. Está muito calor...
O morango em sua boca disfarçava
 o rosado das suas bochechas...

***
Larissa acordou sorrindo. Disse que teve um lindo sonho:
- Eu sonhei que estava em cima da casa papai...
- Mas o que tem de lindo nisso menina? Perguntou mamãe.
- É que eu quase consegui pegar o sol com mão...
Dormir com a lâmpada acesa dá nisso...

***
Larissa e a mamãe fizeram o maior barulho por conta de um camundongo que apareceu na casa.
Depois de muita gritaria e alguns dribles do danado, consegui encurralar o rato.
Larissa meio desconfiada e ainda com medo, se aproximou nas pontas dos pés e me disse baixinho:
- Papai, não acabe com ele ainda. Pergunte onde é que ele esconde o queijo...
Essa menina está cada dia mais curiosa...
Ou seria comilona???

***
Cheguei em casa e falei duas, três palavras com a Larissa e ela não respondeu. Parecia entretida com alguma coisa e parecia não ter prestado atenção em mim:
- E aí Larissa, o gato comeu sua língua querida?
Logo vem ela arrastando suas pantufas da Hello Kitty:
- Olha papai, eu escrevi meu nome...
Em letras maiúsculas, lá estava: L A R I S A
- Nossa menina, que bonito. Mas está faltando uma letra aí nesse nome.
 
Você sabe qual é?
Ela pensou, pensou...
- Ah... papai. Acho que o gato teve ter comido essa letra também...

***
Essa menina está cada dia mais elétrica.
A mamãe até brincou dizendo que este ano vamos "ligar" o pisca-pisca de Natal nela...
A Larissa escutou essa nossa conversa e veio decepcionada dizendo:
- Que pena papai que à noite, quando todas as luzes brilham, eu estou recarregando a bateria não é...