Além muro


Empolga a razão.
Supre a realidade.
Ilude a esperança
de uma "acontecência"
que não desata os nós
pare materializar-se.
Num júbilo desencontro,
a energia transcende
para além dos muros.
Ainda posso ver-te a iluminar
o irradiado dia.
Te vejo na figura de um anjo de mármore
que escurece silenciosamente
pelo limo do tempo,
apoiado na sombra irreal
desta saudade costumeira,
desentendida e amarga.
É somente o alvo de um olhar
que não mais encontro
e perturba o meu índice de aceitação.
Ainda bem que tua imagem ainda brota
deste eu eloquente que tenta aprisionar
o muito do pouco que restou...

Comentários