Eu não sou cachorro não...


Sempre no feriado do dia 12 de outubro Aparecida recebe milhares de romeiros que vem cumprir promessas e agradecer Nossa Senhora pelas graças recebidas.
O comércio, formal ou informal, estabelecido ou ambulante, apostam todas as fichas no movimento deste dia.
É fácil também encontrar na véspera do dia 12 muitas casas que ficam nas imediações da Basílica oferecendo banho para as pessoas que aqui chegam. As filas se formam longas principalmente pelo Bairro de Santa Rita.
Passando pela rua na véspera do feriado, eis que vejo um casal de pessoas aparentemente muito simples, segurando algumas sacolas e suas toalhas, formando uma fila na porta de um estabelecimento que estampava em letras garrafais em sua porta de vidro: BANHO E TOSA.
O casal simples logo teve junto deles mais alguns adeptos à fila.
A espera ia bem até o momento em que um conhecido deles passou por perto. Ao receber o convite, entoado bem mais como uma pergunta se não ia tomar uma ducha também, ele respondeu:
“Que isso cumpadre. Eu não sou cachorro não”...
Intrigados ficaram os componentes da fila até que alguém decifrou com mais precisão que o lugar não era adequado para o banho de humanos...