Fábula de interesses


"Beije-me princesa", disse em meio ao coaxar um sapo à beira de uma lagoa.
A princesa, alheia a presença do réptil, respondeu sem pestanejar:
"Até parece... Não me interesso por sapos"...
Ao sapo restou a solidão.
Teve que deixar de lado o interesse pela perereca dela...

Comentários