Os 130 Anos da Imprensa Escrita em Aparecida - 1884/2014

O primeiro jornal de que se tem notícia a circular na Terra da Padroeira do Brasil foi "O Horizonte" em 1884, numa época denominada como o auge dos jornais impressos.
Desde então, em 130 anos de Imprensa Escrita em Aparecida, vários jornais outros puseram em evidência os fatos da nossa história em circulação. Uns tiveram vida efêmera. Outros, porém, tiveram longa duração destacando o Jornal Santuário que completou 114 anos, o Jornal Luz d'Apparecida que circulou por 47 anos entre 1895 e 1942, o Jornal O Aparecida que completou 37 anos de história e o Jornal O Lince, que lançado em 1969, teve um período inativo, e voltou em 2007 para completar este ano 45 anos.
Nesse período é válido lembrar alguns nomes que se empenharam de corpo e alma dentro da imprensa escrita em Aparecida: Cônego Antonio Henriques que fundou em 1890 o Jornal Estrela de Apparecida e que mudou o nome em 1895 para Luz d’Apparecida. Cônego Henriques possuía gráfica própria onde também imprimiu os Jornais A Brisa e A Liberdade, o qual ele doava o papel. Manoel Marques Pinheiro, José Vitoriano Neves, Jayme Athayde, Alberto Guerra, Benedito Firmino Pereira da Costa, que também era fotógrafo, Belmiro Dinamarco, Júlio Machado Braga, Pedro da Cruz Salgado, Benjamin Arantes, Pedro Ramos Nogueira, Antonio França e Souza, Conceição Borges Ribeiro, o saudoso amigo José Roberto de Toledo Piza e Joaquim de Paula Cordeiro que foi proprietário de três jornais em Aparecida, O Petiz, Macambira e O Atalaia.
Atualmente em destaque na imprensa escrita de Aparecida temos Benedicto Lourenço Barbosa, Rogério Braga, Arthur Marques, Renato Correia Ribeiro, Reinaldo Cabral e Alexandre Lourenço Barbosa, proprietário do Jornal O Lince que em dezembro de 2013 colocou em seu site a coleção completa digitalizada do Jornal A Liberdade, editado em Aparecida pela primeira vez em 1924 e que foi um ícone na luta pela nossa emancipação.
Abaixo, a lista de todos os jornais publicados em Aparecida desde 1884:

O Horizonte 1884 
Tim-Tim por Tim-Tim 1888  
A Voz d’Apparecida 1889
Estrela de Apparecida 1890 
Luz d’Apparecida 1895 
A Brisa 1895 
A Liberdade 1895
Sai Cinza 1897 
Folha d’Apparecida 1897/1900 
Echo Popular 1897
Guia dos Romeiros 1897 
Anais Apparecidenses 1897 
Mensageiro d’Apparecida 1898
Santuário de Apparecida 1900 
O Lírio 1904 
O Trabuco 1904
O Coió 1904
A Brisa 1905 
O Órion 1905 
Gazetinha 1905 
O Petiz 1906 
Macambira 1907
O Apparecidense 1908
O Atalaia 1908 
O Arara 1910 
A Bênção Divina 1911
O Pharol 1915 
O Alvorada 1920 
O Combate 1923 
A Liberdade 1924
A Thesoura 1924 
Cidade de Aparecida 1932 
O Kiwy 1933
A Folha Esportiva 1933 
O Bandeirante 1933 
O Alfinete 1935 
A Sogra 1935
O Correio do Norte 1938 
A Voz 1947 
Jornal de Aparecida 1951
A Folha de Aparecida 1952 
O Aparecidinha 1956 
O Aparecida 1957/1977
Diário de Aparecida 1960
A Folha do Povo 1962 
Pinga Fogo 1964 
O Planeta 1965
O Aparecidense 1968/1984 
Alerta 1969 
Aríete 1969 
A Verdade 1969 
O Lince 1969/2007
Jornal Oficial do Município 1976 
Pausa 1977 
O Sombra 1978
Furacão do V ale 1978
Tribuna da Cidade 1980 
O Pescador 1981 
O Filhote 1982 
O Aríete 1990
Jornal da Arquidiocese 1990
O Varal 1991
Di Noite 1996 
Notiuca 1997
Mestre & Escola 1998 
O Guatambu 1999
Boa Notícia 2001 
Tranca & Gamela 2004
Caridade sem Fronteiras 2004
Comunicação Regional 2007
No Ar 2010 
Pense Grande 2013
Gazeta Aparecidense 2015