Márcio Heleno, O Maior Artilheiro do Brasil


Foto do Time do Aparecida E.C. no ano de 1982. O artilheiro Márcio Heleno está agachado ao centro, segurando a bola.



Se formos mesmo pensar em quem mais deu alegria ao povo aparecidense nos últimos 35 anos, talvez sejamos unânimes na escolha: o centroavante do Aparecida E.C. Márcio Heleno.
Asseguro em escolher ele pelo simples fato de sua postura desigual desafiar o improvável dentro de campo. Tinha faro de gol.
A cidade simplesmente parava em dias de jogo do Aparecida. Gritar gol do Márcio Heleno nas tardes do Estádio 17 de Dezembro era tão provável quanto ao improvável que ele desafiava.
Sua estatura e seu biótipo fugiam dos padrões comuns de um atleta de futebol: Baixinho, gordinho. Típico jogador que “fingia-se de morto” durante todo o jogo pra depois, num lance mágico, fazer explodir a torcida do Furacão do Vale.
Vindo das Minas Gerais, trazido pelo eterno treinador Lalí, o centroavante Márcio Heleno ostenta o título de Maior Artilheiro do Brasil no ano de 1982, isso contando todos os campeonatos de todas as divisões do Brasil naquele ano, superando até mesmo o craque Zico que foi o artilheiro do campeonato carioca daquele ano.
Foi no dia 23 de setembro deste ano que o artilheiro Márcio Heleno se despediu do gramado da vida, numa última “escapulida” entre os beques do destino.
Seus gols agora vão aquecer a atmosfera da saudade e fazer pesar ainda mais a carência de alegrias do povo da Terra da Padroeira do Brasil.
Descanse em paz Márcio Heleno...