Preços

Deu-se na década de 1990 uma invasão de Coreanos em Aparecida que montaram suas lojas de roupas nos boxes que compõem a estrutura da rodoviária local.
Depois de alguns anos, é muito raro encontrar um desses orientais por lá negociando suas mercadorias.
Num sábado atrás, percorrendo essas lojas atrás de algumas camisetas, ouvi uma freguesa perguntando para uma coreana o preço de uma blusa feminina, dessas que usam pouco tecido para compor sua elegância:
-Senhora, quanto custa essa blusinha?
O sotaque carregado da oriental foi categórico:
-68...
Com a cara de espanto, a freguesa achando muito caro a pequena peça de roupa, ainda teve o humor afiado:
-Não. Não estou perguntando sua idade. Quero saber o preço desta mini blusa aqui.

Se ao menos fosse "38", talvez combinasse mais com aquele roubo...