Valores


É andando pelas ruas que entendemos a necessidade das pessoas em se manifestar deixando mais que provado que a comunicação é a necessidade primeira de todo ser humano, seja nas artes, na música, na fotografia, na escrita ou na dança.
Dentro disso, infelizmente viemos numa poluição sonora sufocante. E de uns tempos pra cá, notamos também uma poluição visual fora do contexto.
Pensei muito nisso até que encontro um desses "flayers" de um forró em que estava escrito em letras destacadas: "OS FODAS DO BRASIL". Lia-se ao lado o nome da dupla sertaneja e mais embaixo o nome do forró: "SANTA FÉ". Depois, dentro do ônibus visualizo um letreiro de uma loja de roupas cujo nome do estabelecimento era:"SANTA LUXÚRIA". No outro dia também vejo um "out dor" no caminho do trabalho escrito: "ESCAPULÁRIO", onde dois dragões compunham o logotipo da loja em questão. Dias depois, lendo um jornal da localidade, encontro a seguinte propaganda: "SEX SHOP, Rua Fulano de tal, Número tal, Bairro tal", e entre parênteses: "AO LADO DO GRUPO ESCOLAR"...
De repente, começo a ver que essa "mistura de palavras" vai fazendo tudo soar com naturalidade.
Tudo invertido, ou, tudo misturado, a sociedade reprime pelo impacto e não adere o prático efeito de muita coisa ao redor. Assim ela perde a identidade e comete injustiças ao passo de que sugere uma nobre reflexão com tudo que nos cerca.
Por tal apelo, essa sociedade ainda vive em permanente estado de degradação. Mas tende a superar a forma caótica de confundir valores morais com liberdade provisória de informações erradas que se apoderam sorrateiramente entre as visualizações do dia a dia.

Comentários