Os Apelidos Aparecidenses - Parte 4

Chico Tampa
O resgate dos apelidos aparecidenses foi oferecido a outro jornal antes de ganhar as páginas do Jornal O Aparecida. Mas o proprietário se acovardou pois “não queria arrumar um processo publicando isso”.
Foi numa cidade de Minas Gerais que houve um problema assim.
Havia um indivíduo na cidade que era conhecido como João Brocha. Ele havia herdado o apelido do pai, conhecido como Zé Brocha. Isso porque ele havia sido um excelente pintor de paredes na redondeza.
Mas o lado pejorativo incomodava tanto o tal João Brocha que ele acabou levando um conhecido para os tribunais pela insistência do cidadão em bradar sempre o “João Brocha” quando o apelidado passava.
O juiz em questão acabou por arquivar o caso. O magistrado entendeu que não houve nenhuma espécie de “bullyng” ou difamação, mesmo porque foi provado que o apelido “brocha” era proveniente da profissão de pintor do saudoso pai de João, o Zé Brocha.
A lista dos apelidos aparecidenses publicada em três partes ainda não está completa. Depois das publicações vários leitores me abordaram lembrando um ou outro apelido esquecido que acabou ficando de fora. Vale lembrar que apelidos como Alemão, Português, Japonês ou Mineiro, entre outros, ficaram de fora porque definiam mais de uma, ou mesmo várias pessoas. Isso foi feito também com apelidos em diminutivo e aumentativo como Jefinho e Ditão por exemplo. O intuito era selecionar apelidos mais específicos.
Segue então alguns ausentes colhidos e lembrados após a publicação das três partes dos apelidos aparecidenses:
Aqui Agora, Ai que ódio, Adauto Grilo, Ataliba, Antonio Galo Duro, Beirinha, Barzinho, Bicudo, Barba, Bacana, Berne, Bin Laden, Braz Leiteiro, Bombeiro, Bunduta, Carlinho Lili, Carretel, Cidinha Sarará, Coca Litro, Chico Tampa (olha o Chico aí Bombachi), Chico Dentista, Celso Pintor, Castrol, Cabo João, Chapisco, Dentão, Dr. Caveira, Divino, Dito do Cinema, Dinarte, Falco, Fininho, Gera, Graxinha, He-Man, Hitler, Japuli, Jeringonsa, Joda, João Gordo, João Pelanca, João Pelote, João Choramingau, João Mãozinha, João Repolho, Joaquim Murieta, Kid Amora, Lado, Lalaco, Lissinho, Loira da Ambulância, Mamangava, Maleita, Maria Quem Qué, Marco Tatoo, Mendinho, Mula Manca, Nina, Nício, Pagode, Pinta, Padre Vito, Pé Vermêio, Peroba, Perobinha, Pecinha, Pinduca, Paulinho Favela, Paulo Chaveiro, Peito de Aço, Pabulgamers, Quick, Queijada, Sal, Sargento, São Benedito, Serginho Pocotó, Sifi, Testa, Toninho Piloto, Tucha, Tchula, Torpedo, Toínho, Timbocofumo, Toninho da Balança, Tim Maia, Tibele, Valdir Fofão, Ursão, Zé Brabo, Zé Bonitinho, Zé da Banda, Zezé da Barateira, Zé do Rádio, Zé Gotinha, Zé Cabrero, Walmir Chaveiro..